Rui Ramalho lidera ao “intervalo” na Penha

0
272

Com as duas decisivas subidas de prova marcadas para Domingo, Rui Ramalho em Osella PA2000 Evo2, vai para o “intervalo” no comando tanto da classificação absoluta como da Categoria 1, do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, que este fim-de-semana começa com a realização da Rampa da Penha em Guimarães.

O piloto do Porto fez o tempo de 1:21s504 e beneficiou da ausência de Pedro Salvador na primeira subida oficial na rampa organizada pela Demoporto, devido a problemas no motor do novo Silver Car EF10 tripulado pelo campeão em título.

O segundo mais rápido foi Paulo Ramalho com o Osella PA21S Evo, na frente de Hélder Silva em Juno CN09. João Fonseca conseguiu a quarta marca, liderando o Grupo CM com o seu BRC CM05 Evo, na frente de Nuno Guimarães em BRC CM02.

Na Categoria 2, José Correia em Nissan GT-R GT3 conseguiu a marca de 1:36s310 e foi o mais rápido, face à oposição de Edgar Reis e Gonçalo Manahu, ambos em Porsche 997 GT3 Cup. Este último teve problemas com o carro alemão, não conseguindo materializar o bom andamento demonstrado nos treinos.

Na Categoria 3 o mais rápido foi João Guimarães em Peugeot 206RC, com o tempo 1:43s595. Martine Pereira em Alfa Romeo 147 GTA e Sérgio Nogueira (Citroen Saxo), ficaram nas duas posições seguintes, seguidos por Carlos Luis em SEAT Leon, Domingos Gomes em Citroen Saxo e José Oliveira (Subaru Impreza).

Manuel Correia em Ford Fiesta R5+ domina na Categoria 4, conseguindo nesta primeira subida oficial o tempo de 1:33s130. Luis Silva em BMW M3 foi o segundo, com Marco Guerra em Peugeot 306 a obter a terceira marca, seguido por Nuno Pinto em Mazda MX5.

A Categoria 5 é para já liderada por Luis Nunes em SEAT Leon Cup Racer, que com a marca de 1:33s593, bateu por pouco Joaquim Teixeira em Renault Megane Trophy V6. Francisco Marrão em SEAT Leon Supercopa foi o terceiro, seguido por José Teixeira em Peugeot 208, Alex Pereira em VW Golf R35 e António Teixeira (Peugeot 208).

Sozinho no Troféu Nacional TCR/TCS de Montanha, Miguel Lobo continua a evoluir aos comandos do novo Audi RS3 TCR, registando a marca de 1:36s683. Na Taça Nacional de Montanha 1300, Armando Freitas continua a ser o melhor, registando desta feita o tempo de 1:54s688, para bater os Fiat Punto de Ricardo Sousa e Francisco Leite.

No Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, depois dos problemas mecânicos que o impediram de disputar as duas subidas de treinos, José Pedro Gomes conseguiu o melhor tempo com o seu Ford Escort MKI, ao registar 1:45s304. Depois de dominar os treinos, Parcídio Summavielle (Datsun 260Z) fez o segundo tempo nesta primeira subida oficial, com 1:49s479. Augusto Vasconcelos em Ford Escort e Mário Mesquita em Datsun 1600 SSS, ficaram nas posições seguintes.

No Troféu Nacional Clássicos de Montanha, Fernando Salgueiro em Ford Escort MKII continua a mostrar-se imbatível, registando o tempo de 1:44s973, para bater Ricardo Loureiro em carro idêntico. Com problemas no BMW 323i, Carlos Oliveira não fez esta subida de prova.

Na Taça Nacional de Clássicos de Montanha 1300, o mais rápido foi Aníbal Rolo (Datsun 1200 Coupé), seguido por José Figueiredo em Datsun 1200 e de Domingos Fernandes em Autobianchi A112.

Para ter acesso aos resumos das subidas de treinos, por favor consultar a página internet do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017, em www.campeonatomontanha.com ou o Facebook oficial deste campeonato em https://www.facebook.com/CampeonatoMontanha/?fref=ts 

Programa/Horário:

09.03.2017 – Domingo

09H30 – Fecho da pista
10H00 – 3ª Subida de Treinos
11H30 – 2ª Subida Oficial
12H00 – 3ª Subida Oficial

Texto: RaceSpirit.com
Fotos: Pedro Ferreira/Foto GTi

 

GTI_3674

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here