FRANCISCO MILHEIRO NA RAMPA DE MURÇA

0
522

COMUNICADO DE IMPRENSA

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2019

RAMPA DE MURÇA

Uma vez mais o Peugeot 106 de Francisco Milheiro chegou ao final da Rampa de Murça, sexta jornada do Campeonato Portugal de Montanha JC Group 2019, numa prova  organizada pelo Cami Motorsport.

Sendo a estreia na Rampa de Murça, Francisco Milheiro fez logo na warmup1 um tempo de 3.07.523 à média de 80,63 km/h, sendo o 7º classificado na Taça de Portugal de Montanha, e 33ª na classificação geral.

O  jovem piloto na 1ª subida de treinos oficial, seria o autor dum bom tempo com 3.01.691 à média de 83,21 km/h, sendo o 7º na Taça de Portugal de Montanha, e 31ª na classificação geral.Na segunda subida oficial de treinos, o jovem piloto Francisco Milheiro volta a melhorar com 2.59.882 à média de 84,05 km/h, sendo 5º na Taça de Portugal de Montanha, e 28º na classificação geral.Para a primeira subida oficial de prova, Francisco Milheiro acabou por conseguir melhorar de forma ligeira com 2.59.207 à média de 84,37 km/h, sendo o 7º na Taça de Portugal de Montanha, e 30º na classificação geral.

No domingo de manhã, logo na warmup2, não conseguiu melhor do que 3.02.162 à média de 83 km/h, sendo de novo o 7º na Taça de Portugal de Montanha, e 26ª na classificação geral.Já na derradeira subida de treinos na rampa de Murça, volta a melhorar de forma substancial com 2.55.839 à média de 85,98 km/h, sendo o 6º na Taça Portugal Montanha e 29º na classificação geral.

Duas subidas oficiais para terminar a rampa de Murça, e o jovem Francisco Milheiro volta a “ cilindrar “ os tempos anteriores com 2.54.896 à média de 86,45 km/h, sendo o 6º classificado na Taça de Portugal de Montanha, e 30º na classificação geral.Na derradeira subida oficial de prova, acabaria por fechar “ com chave de ouro”, fazendo um crono de 2.54.356 à média de 86,71 km/h, sendo o 6º na Taça de Portugal de Montanha, e 30º na classificação geral.

Depois de colocar o seu Peugeot 106 no parque fechado, Francisco Milheiro fez-nos um balanço da prova dizendo “ correu muito bem, sem problemas, sempre a evoluir.O Leonel Brás emprestou-me umas jantes que usei no meu Peugeot 106, mas o comportamento  do meu carro alterou-se um pouco.A evolução continua, o carro de prova para prova tem sofrido alguns melhoramentos, e estou confiante que até final da época a evolução em prova do Peugeot será  bem maior, vamos agora começar a pensar na próxima prova na Rampa da Arrábida “.

CLASSIFICAÇÕES

TAÇA PORTUGAL MONTANHA

1º Leonel Brás – Citroen Ax

2º João Diogo Santos – Fiat Punto 85

3º João Silva – Fiat Punto

4º Daniel Gouveia – Fiat Punto

5º Tiago Silva – Fiat Punto

6º FRANCISCO MILHEIRO – PEUGEOT 106

Fonte: JBVA ASSESSORIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here