Luís Silva rubrica quarto triunfo da temporada e continua imparável nos Legends

0
263

A 41ª Altice Rampa Internacional da Falperra transformou-se em mais um recital de condução do piloto do BMW M3 da Famaconcret que, prova após prova, esta a provar de forma ainda mais vincada esta época porque é conhecido pelo “Canhão de Famalicão.

Mas na prova bracarense João Pires, também aos comandos de um M3, mas de uma geração mais recente, ainda “assustou” Luís Silva, ao ser o mais lesto na 2ª subida de treinos e forçou claramente o “Canhão de Famalicão” a elevar o ritmo nas três subidas de prova.

Aí, não deu veleidades ao único adversário que ousou, a espaços, se aproximar dos seus tempos e foi paulatinamente baixando os registos, terminando com o seu melhor tempo do fim-de-semana na terceira e derradeira subida de prova, cravando no cronómetro 2:28.689 e colocando no agregado dos dois melhores tempos uma margem final que se cifrou nuns confortáveis 7,6 segundos.

No entanto, o aplauso estende-se também a João Pires que, nesta primeira presença do ano, revelou um andamento forte, coroado com um excelente 2º posto final.

Já Carlos Alberto Oliveira viveu um fim-de-semana sem qualquer problema no seu Ford Sierra Cosworth e pode assim colocar no asfalto o potencial do carro americano, assinando sempre o terceiro tempo mais rápido nas subidas oficiais, terminando num justo e recompensador 3º lugar e conquistando mais um pódio nesta época. Saliência para a presença de 13 pilotos na Falperra integrados no Campeonato de Portugal Legends de Montanha JC Group.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here