Armando Freitas continua imparável nos 1300

0
294

Foi o quatro triunfo da temporada para o piloto do Toyota Starlet que está cada vez mais perto do título nacional.

Bastaram as duas primeiras subidas oficiais de prova para ficar claro que a vitória entre os 1300 seria reclamada uma vez mais por Armando Freitas.

O seu ritmo e o nível competitivo do Toyota Starlet que tripula colocam-no longe dos ataques dos seus adversários e o piloto nortenho está claramente na rota para conquistar o título referente ao primeiro Campeonato de Portugal de Montanha 1300  JC Group.

Mas uma outra piloto esteve em grande destaque entre os 1300.
Eva Laranjeira rubricou aquela que é até ao momento a melhor exibição de uma temporada que tem sido muito positiva para a “Dama de Aço” de Setúbal.

Esteve sempre muito rápida e eficaz aos comandos do seu Peugeot 205 Rally da MNE Sport e a segunda posição nunca esteve em perigo, começando a ficar claro que será difícil tirar Eva Laranjeira do pódio final do campeonato.

Apesar de ter enfrentado problemas no cabo do acelerador do seu Citroen AX, Tiago Santos logrou colocar o Citroen AX Sport a funcionar em pleno e saiu da Covilhã com mais um pódio conquistado, ao concluir a prova no 3º lugar final, voltando a entrar na equação para a presença num dos três lugares do topo da tabela pontual final do CPM1300 JC Group.

José Pedro Figueiredo não teve qualquer oposição, levando o seu Datsun 1200 a mais um triunfo na Divisão Clássicos do CPM1300 JC Group, necessitando apenas das duas primeiras subidas para ganhar uma vantagem impossível de suplantar. Destaque para o facto de ainda ter reclamado o 4º posto da geral entre os 1300.

O Campeonato de Portugal de Montanha JC Group prossegue já dentro de duas semanas, com a realização da 7ª Rampa de Santa Marta. A prova duriense é organizada pelo Clube Automóvel da Régua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here