Pedro Salvador lidera Rampa da Penha

0
603

Depois de dominar as duas subidas de treinos, Pedro Salvador vai para o “intervalo” com vantagem sobre os seus adversários. O piloto do Norma M20FC registou a melhor marca do dia com 1:36s727. Rui Ramalho assume-se como o maior adversário de Salvador, mas terá que melhorar muito nas duas subidas de Domingo, para ter hipóteses de chegar ao triunfo. Ao volante de um Osella PA21S Evo, o mais novo dos Ramalho obteve o tempo de 1:40s720.

Atrás dos dois lideres da Categoria 1, Manuel Pereira fez uma excelente subida (1:44s258) com o Mitsubishi Lancer EVO VI, vencendo o primeiro “round” na Categoria 3 e garantindo provisoriamente um terceiro lugar no pódio absoluto. A este facto não é alheio o piso muito molhado do traçado vimaranense, apesar de a chuva ter parado de cair com intensidade desde o meio da tarde.

O regressado António Barros, fez o terceiro tempo (1:44s877) da Categoria 1 com o seu BRC, garantindo um excelente quarto registo absoluto. Manuel Correia cumpre uma fase de adaptação ao seu novo Ford Fiesta R5, mas isso não o impediu de ser segundo na Categoria 3 com 1:46s436, na frente de José Pedro Gomes em Ford Escort WRC.

Depois das boas indicações dadas na subida de treinos, Luis Nunes esteve mais uma vez em nível elevado, conseguindo ser o mais rápido na Categoria 4 com o seu SEAT Leon Cup Racer. Com a marca de 1:48s193, o piloto transmontano bateu João Silva em Renault Clio RS. Paulo Silva em SEAT Leon Supercopa fecha para já o pódio desta categoria. Azarado, Joaquim Teixeira viu-se impedido de fazer esta primeira subida de prova, devido a problemas com a embraiagem do seu Renault Megane Trophy.

Com o impressionante Nissan GT-R Nismo GT3, José Correia fez 1:50s708 e é para já o líder da Categoria 2. Correia bateu por menos de meio segundo, o Porsche 997 GT3 Cup de Edgar Reis, numa luta que adivinha renhida para as duas derradeiras subidas de prova deste Domingo. Nesta luta pode ainda entrar António Nogueira, que regressou este ano ao activo depois de estar praticamente parado em 2015. O popular piloto da Régua fez a terceira melhor marca na Categoria 2 com o seu Porsche 911 GT2.

Fernando Salgueiro em Ford Escort MKII é o líder da Categoria 6 (2:05,593), conseguindo bater Martine Pereira e o Lola T70 por cerca de um segundo. Na categoria 5 Parcidio Summavielle em Datsun 260Z registou o tempo de 2:07s779 e lidera na frente de Mário Mesquita em Datsun 1600.

O piloto Espanhol Juan Martin em Simca Rallye 3, registou 2:05s902 e está na frente da Taça Nacional de Clássicos Montanha, seguido por Cândido Monteiro em Datsun 1200 e Domingos Fernandes. Sozinho na Taça Nacional de Montanha, Armando Freitas obteve a marca de 2:01s396 com o seu Toyota Starlet.


Mau tempo não impede treinos livres animados

Com a chuva a dar uma curta trégua aos pilotos, a segunda subida de treinos foi dominada quer à geral, quer em termos de Categoria 1 por Pedro Salvador em Norma M20FC, com o tempo de 1:37s186. O piloto de Chaves que regressou este ano ao Campeonato de Montanha, mostra que está muito forte e que está na Penha para vencer.

Rui Ramalho voltou a ser o segundo mais rápido com o novo Osella PA21S Evo, registando desta feita a marca de 1:40s375. Com um Juno CN09, Paulo Ramalho fez a terceira melhor marca (1:45s222) nesta subida.

Manuel Pereira foi o mais rápido na Categoria 3 (1:45s303), aproveitando as quatro rodas motrizes do seu Mitsubishi Lancer EVO VI, para surpreender nesta segunda subida e fazer o quarto tempo em termos absolutos.

Com uma excelente subida 148s447, Luis Nunes registou a melhor marca na Categoria 4 com o seu SEAT Leon Cup Racer, sendo o sétimo na geral. Edgar Reis foi o mais lesto na Categoria 2 com um Porsche 997 GT3 Cup, marcando o tempo de 1:49s856.

Na Categoria 5 o mais rápido foi Fernando Salgueiro em Ford Escort MK II com o tempo de 2:05s583, enquanto Parcidio Summavielle registou o melhor tempo na Categoria 6 com o seu Datsun 260Z (2:06s745).

Destaque pela negativa para o despiste sem consequências de Ricardo Gomes em SEAT Leon Supercopa, com a prova a ser interrompida para retirar o carro do azarado piloto.

Com o mau tempo a marcar também presença na zona da Penha, o mais rápido na primeira subida de treinos foi Pedro Salvador (Norma M20FC) que registou a marca de 1:41s220. Rui Ramalho (Osella PA21S Evo) foi o segundo mais rápido com 1:43s825, seguido por António Barros em BRC com o tempo de 1:49s822.

Com a classificação na Categoria 1 a ser idêntica à da ordem absoluta, os melhores nas restantes categorias foram:

Categoria 2 – António Nogueira (Porsche 911 GT2) 1:53,839
Categoria 3 – Luis Silva (BMW M3 E30) 1:52,350
Categoria 4 – Ricardo Gomes (SEAT Leon Supercopa) 1:53,200
Categoria 5 – Parcidio Summavielle (Datsun 260 Z) 2:15,086
Categoria 6 – Fernando Salgueiro Ford (Escort MK II) 2:16,797

Amanhã decorrem as das últimas subidas de prova, antecedidas por uma subida de treinos.

Horário/Campeonato Nacional de Montanha Valvoline:

Domingo – 17.04.2016

10.00 – 3ª Subida de treinos
11.30* – 2ª Subida Oficial
12.00* – 3ª Subida Oficial

*Hora Prevista

Localização do Traçado:

Estrada Nacional 101-2, com partida 870 metros após o km 3,0 e chegada ao km 6,650.

De referir ainda que para além da Valvoline, o Campeonato Nacional de Montanha conta ainda com os apoios da Novo Modelo Europa e da PDAuto, como patrocinadores principais e ainda dos parceiros media: Movielight, Autosport, Foto GTi, Manchete e RaceSpirit.

 

APF_3739 APF_3749 APF_4519 GTI_3989 GTI_4464 GTI_4962 GTI_5024 GTI_5181

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here