Emoções ao rubro na Rampa Senhora da Graça!

0
325

A segunda subida oficial do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline na Rampa Senhora da Graça terminou com a melhor subida do fim-de-semana e novo recorde da rampa. O autor da proeza foi Rui Ramalho em Osella PA2000 Evo, que conseguiu nesta subida 2:03s504 e selou desde já a sua vitória. Em segundo ficou Pedro Salvador, com o motor do Silver Car EF10 a mostrar-se longe da “forma” ideal.

O piloto de Chaves perdeu desde já as hipóteses de vencer a rampa, tendo agora por missão finalizar a prova classificado, de forma a levar a decisão do título para a última prova. João Fonseca em BRC CM05 Evo foi terceiro.

Na Categoria 2 o melhor foi mais uma vez José Correia, com o piloto do Nissan GT-R GT3 a obter o tempo de 2:20s532, na frente de Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup, com Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3 Cup) a perder muito tempo nesta subida. Manuel Correia levou o seu Ford Fiesta R5 até ao topo da Categoria 4, na frente de Francisco Marrão (SEAT Leon Supercopa). Luis Silva (BMW M3) fez uma má subida e não foi além do terceiro lugar.

Joaquim Teixeira e o Renault Megane Trophy V6 continuam a dominar na Categoria 5, com o piloto de Murça a completar a subida em 2:27s50 e a ser o segundo nos Turismos, só atrás de Manuel Correia. Com Pedro Saraiva fora de combate, devido aos problemas mecânicos com o seu Mitsubishi Lancer Evo IX, Sérgio Nogueira foi o mais rápido na Categoria 3, conseguindo o tempo de 2:50s511. José Oliveira em Subaru Impreza foi segundo nesta última categoria.

Ao volante de um Citroen AX Sport, Leonel Brás relançou a luta pela vitória na Taça Nacional de Montanha 1300 ao fazer 3:01s547, batendo Armando Freitas em Toyota Starlet e Francisco Leite em Fiat Punto.

No Campeonato Nacional de Montanha Clássicos está tudo praticamente decidido, com José Pedro Gomes (Ford Escort MKI) a ser mais uma vez o mais rápido com o tempo de 2:42s580. No segundo lugar está Parcídio Summavielle em Datsun 240Z, seguido por Flávio Sainhas em Ford Escort MKI.

Também no Troféu Nacional de Clássicos Montanha, está tudo decidido a favor de Carlos Oliveira, que ao volante de um BMW 323i completou a subida em 2:49s404. Com problemas no seu Ford Escort MKII, Fernando Salgueiro ficou no segundo lugar, seguido por  Rui Gama em VW Carocha.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here