Rui Ramalho mais próximo do título

0
1361

O campeonato viveu no Caramulo uma jornada cheia de espectáculo.

Rui Ramalho está cada vez mais próximo do título absoluto de 2018.

O piloto portuense da PR Miniracing saiu da Serra do Caramulo com a sua invencibilidade imaculada, assinando assim uma tranquila 5ª vitória na temporada. Cada vez mais parece difícil que alguém se entreponha entre o piloto do Osella PA2000 EVO2 e a revalidação do título.

Desta feita, concluiu a prova com um avanço de 15,5 segundos sobre o concorrente mais direto.

Já quanto à questão do 2º lugar absoluto, a prova do Targa Clube assistiu a um duelo sem tréguas entre José Correia (Nissan Nismo GT-R GT3) e Hélder Silva, em Juno CN-09.

Vitorioso à partida na categoria GT, José Correia impôs o “monstro” nipónico à Barchetta de Helder Silva, ficando os dois separados no final por apenas 130 milésimas de segundo!

Nos Turismos, Luís Nunes e o Audi RS3 LMS foram os mais fortes em termos absolutos, terminando em 4º da geral e, logicamente, na Divisão 4, com Manuel Correia a triunfar na divisão 2 e a assegurar o quinto posto na tabela geral da prova.

6º da geral, em representação do Bompiso Racing Team, Joaquim Teixeira (Seat Leon Eurocopa) manteve o pleno de vitórias na Divisão 3.

Com a ausência de Pedro Coelho Saraiva, coube a Parcídio Summavielle impor o Renault Clio RS nas contas da Divisão 1.

A novidade estava reservada para a geral absoluta do Campeonato de Portugal de Clássicos de Montanha JC Group.

Pela primeira vez esta época, José Pedro Gomes e o seu Ford Escort MKII não saíram vitoriosos, tendo o piloto nortenho de se contentar com a 2ª posição final.

O feito coube a Flávio Saínhas (Ford Escort MKI) que conseguiu finalmente materializar numa vitória o seu talento e rapidez. E o triunfo foi duplo pois representou vencer também na Divisão 5.

O pódio absoluto ficou completo pelo crónico vencedor da Divisão 6, Ricardo Loureiro, a jogar em casa aos comandos do Ford Escort MK II do Caramulo Racing Team.

As taças nacionais reservadas aos carros com cilindrada até 1300cc premiaram Leonel Brás (Citroen AX), vencedor na TPM e José Pedro Figueiredo, mais rápido na TPCM, aos comandos do seu habitual Datsun 1200.

O Campeonato de Portugal de Montanha JC Group ruma agora novamente a norte. Dentro de 15 dias, será tempo da Rampa Porca de Murça, organizada pelo CAMI, assinalar a disputa dos louros na 6º prova da temporada.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here