Ricardo Loureiro mais próximo do título

0
118

Seis provas disputadas, seis provas com subidas ao pódio, é este o balanço desta época para Ricardo Loureiro, que em todas as provas em que tem participado ao volante do seu Ford Escort, tem subido ao pódio, onde no passado fim de semana na Rampa de Murça não foi excepção.

Logo na subida da warmup, seria o autor de 2.44.253, correspondendo ao 17ª melhor tempo à geral, e segundo em termos de Campeonato Portugal Clássicos de Montanha. A primeira subida oficial de treinos não chegaria a alinhar, mas para a segunda subida faria um tempo de 2.40.602, sendo o 20º melhor tempo à geral, e de novo o segundo em termos de Campeonato Portugal Clássicos de Montanha.

Para a primeira subida oficial de prova, Ricardo Loureiro voltaria a melhorar o seu tempo, alcançando um crono de 2.39.257, sendo o 18º mais rápido à geral, e o primeiro classificado no Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha.

No domingo de manha, Ricardo Loureiro não participaria na warmup , para na derradeira subida oficial de treinos obter um tempo de 2.40.287, sendo o 18º tempo à geral, e o primeiro em termos do Campeonato Portugal Clássicos de Montanha. Já na segunda subida oficial de prova, Ricardo Loureiro ao volante do seu Ford Escort “simplesmente pulverizou” os tempos anteriores com 2.37.595, correspondendo ao 19º melhor tempo na classificação geral, e cada vez mais líder no Campeonato Portugal Clássicos de Montanha.

Para a derradeira subida, com o muito calor transmontano a sentir-se, Ricardo Loureiro bem tentou bater o tempo anterior, mas não o conseguiu, não ficando assim tão longe, tendo feito 2.37.937, correspondendo ao 17º lugar à geral, e primeiro no Campeonato Portugal Clássicos de Montanha.

Assim no final depois de subir ao pódio para receber os troféus começou logo por nos dizer ” uma vez mais muito satisfeito, o carro esteve bem, consegui melhorar sempre os meus tempos, e mais uma vitória no Campeonato Portugal Clássicos de Montanha. Agora vamos para um período de férias, e depois há que começar a pensar na prova seguinte”, disse-nos.

Fonte: JBVA Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here