Regresso vitorioso de Gonçalo Inácio à Rampa Pêquêpê Arrábida 2020 em Peugeot 208 R2.

0
752

Gonçalo Inácio regressou ao palco onde se estreou no desporto automóvel em 2002 e não podia ter desejado um retorno mais positivo.

Com uma rápida adaptação ao traçado da Serra da Arrábida e ao pequeno Peugeot 208 R2, o piloto conseguiu sair vitorioso na Divisão Turismos 1 mostrando-se assim entusiasmado por  “ter regressado à Arrábida, conseguir ficar no top 10 e sair vitorioso na Divisão Turismos 1, alcançando um resultado que é fantástico!”. O piloto destaca “o excelente trabalho de afinação do Peugeot que consegui fazer, em conjunto com a Inside Motor,. O caro esteve sempre eficaz, quer quando tivemos que rodar em chuva, quer com o asfalto seco”.

O piloto de Lisboa conseguiu ainda numa das subidas com condições climatéricas adversas colocar o Peugeot num honroso 3º lugar da geral o que o deixou muito satisfeito, “sim de facto na terceira subida de treinos com muita chuva, água a atravessar a estrada e muito nevoeiro, consegui impor um ritmo forte e fazer o 3º tempo da geral a 2 segundos do primeiro classificado ”.

Um ingresso do jovem piloto de Lisboa no Campeonato Nacional de Montanha, não está posto de parte, pois  “gosto muito do ambiente da Montanha, gosto de competir contra o cronómetro e de me desafiar subida após subida. A Montanha pode de facto ser uma hipótese para o ano de 2021”.

Por fim quis agradecer “ a todos os patrocinadores, amigos e à equipa Inside Motor, pois foram todos eles que tornaram esta participação possível, como também um agradecimento muito especial ao meu pai pelas dicas que me deu antes da prova, não tivesse sido ele o primeiro vencedor da Rampa da Arrábida quando esta pontuou pela primeira vez para um campeonato.”

Fonte: VEDDACOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here