A fabulosa estreia de Marco Figueiredo na Rampa Serra da Estrela

0
201

A participação de Marco Figueiredo ao volante do Toyota Starlet, onde  foi a estreia do piloto de Seia, que foi logo ao pódio, um feito quase inédito em termos desta categoria em Portugal  .A verdade é que Marco Figueiredo logo na 1ª subida da warm up faria um tempo de  4.29.928 à média de 69,86 km/h, sendo o 3º classificado na Taça de Portugal de Montanha .Depois já na 1º subida oficial de treinos, para percorrer toda a extensão da Rampa da Serra da Estrela, Marco Figueiredo faz um crono de 4.17.315 à média de 73,31 km/h, mantendo a 3ª posição em termos da Taça Portugal de Montanha.  Para a 2ª subida oficial de treinos, o piloto de Seia volta a melhorar em relação ao tempo feito anteriormente com 4.11.544 à média de 74,99 km/h, mantendo a 3ª posição em termos da Taça de Portugal de Montanha.  Chegado á 1ª subida oficial de prova, Marco Figueiredo não se faz rogado e “passa ao ataque”, fazendo 4.10.427 à média de 75,32 km/h, passando à liderança da Taça Portugal de Montanha.

Depois duma noite de descanso para máquinas e pilotos, no domingo de manha, Marco Figueiredo ao volante do seu Toyota Starlet, faz um tempo de 4.07.042 à média de 76,36 km/h, sendo de novo o 3º classificado em termos da Taça de Portugal de Montanha, para logo de seguida na derradeira subida de treinos conseguir melhorar com 4.05.513 à média de 76,83 km/h, mantendo a 3ª posição em termos da Taça Portugal Montanha.

Depois na segunda subida oficial de prova, o piloto de Seia, acaba por fazer um tempo de 4.08.386 à média de 75,94 km/h, mantendo a 3ª posição na Taça Portugal de Montanha. Para a derradeira subida oficial de prova, disputada debaixo de muito calor, Marco Figueiredo fica pelos 4.11.683 à média de 74,95 km,/, sendo assim o 3º classificado na Taça de Portugal de Montanha.

No final, depois de ter subido ao pódio, e estar na posse do trofeu disse-nos “ estou muito satisfeito, pois não esperava conseguir fazer isto, subir logo ao pódio na prova da estreia. Correu bem, houve que encontrar  um ritmo certo, esta rampa não é fácil, tem de se conhecer bem para andar mais depressa, mesmo tendo em conta o carro que tenho. Mas gostei muito de participar, e vou ver se consigo angariar mais apoios para fazer a prova seguinte a Rampa da Penha, vamos lá ver o que consigo”, disse-nos o piloto de Seia, que logo na estreia foi ao pódio.

CLASSIFICAÇÃO  FINAL TAÇA DE PORTUGAL DE MONTANHA

1º Tiago Santos – Citroen AX

2º Rui Gama – Peugeot 106

3º MARCO FIGUEIREDO  – TOYOTA STARLET

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here