Joaquim Teixeira ‘demolidor’ em Santa Marta

0
97

A exemplo do que o super-herói da Marvel faz aos vilões, o piloto da JT59 Racing Team/Bompiso foi um autêntico “Demolidor” de tempos e da oposição que lhe foi movida. Esteve igual a si próprio, logrando no Alto Douro Vinhateiro o seu quinto triunfo consecutivo na Divisão Turismos 2 do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. O que o deixa na ‘pole-position’ para conquistar o título respetivo.

A concorrência apresentou-se mais forte do que nunca nesta 6ª edição da Rampa de Santa Marta, mas Joaquim Teixeira mostrou-se irredutível aos comandos do Cupra TCR quando chegou o ‘momento da verdade’ e mais uma vez levou a melhor, ainda que os 1,9s que o separaram do segundo classificado espelhem a luta que os seus adversários lhe deram nos 3200 metros do sinuoso traçado duriense.

Na prova do Clube Automóvel da Régua o piloto transmontano também alcançou o quinto pódio consecutivo na categoria de Turismos, ‘coroando’ mais uma vitória de ‘raça’ da JT 59 Racing Team/Bompiso no Campeonato de Portugal de Montanha JC Group.

Após a prova Joaquim Teixeira não escondeu a sua satisfação: “Foi um resultado que me agradou bastante. Mais uma vez tive o privilégio com adversários muito dignos, que me dificultaram ao máximo esta vitória. Acho que quanto mais difíceis as vitórias mais saborosas elas se tornam. Tenho que dar os parabéns a todos os meus adversários, que nunca desistiram, e me obrigaram a imprimir um ritmo cada vez maior, mesmo sabendo que não poderia arriscar tudo, pois o Cupra TCR já vai estar a competir na próxima semana, em mais uma jornada de velocidade”.

Este êxito com autoridade não significa que foi fácil para o piloto da JT 59 Racing Team/Bompiso, como fez questão de salientar.  “É a quinta vitória. Dá ideia que foi conseguida com facilidade. O que não é o caso, pois tenho adversários muito competitivos, com muito bons andamentos, o que só valoriza mais o que estamos a alcançar este ano”, enfatiza.

Joaquim Teixeira diz que só arriscou “nas duas primeiras subidas de prova. Os treinos fiz só para ganhar ritmo. A terceira subida foi a controlar porque percebi que devia bastar. Santa Marta não tem um traçado fácil. Tivemos de arriscar bastante”.

Como tal, o craque transmontano sentiu-se “satisfeito, pois para além de somar até agora o número de pontos máximos na minha Divisão 2 Turismos, que é o meu grande objetivo, também no absoluto de Turismos é a quinta vez que fico em segundo. E é o máximo que posso aspirar nesta categoria”, conclui o piloto transmontano, que lembrou que a competitividade no campeonato não se limitou à sua divisão, pois também a houve nos GT e nos protótipos.

Três semanas separam agora o JT59 Racing Team/Bompiso do próximo desafio de Montanha. Será nos dias 24 e 25 de julho que o Targa Clube terá a responsabilidade de organizar a edição 2021 da Rampa do Caramulo, sexta prova da temporada.

Fonte: VEDDACOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here