Nelson Andrade vence em Boticas e faz da época uma “tempestade perfeita”!

0
228

Mais do que garantir o pleno de vitórias na Taça de Portugal de Kartcross de Montanha, o “Furacão da Madeira” foi até Boticas presentear o muito público presente com mais uma demonstração de talento e velocidade, fazendo jus à sua crescente popularidade no campeonato.

O muito público presente em Boticas elevava o seu nível de entusiasmo em cada momento que se começava a ouvir “rugir” do motor do AG1000 de Nelson Andrade na linha de partida.

Isso, porque, sabiam que era sinónimo de espetáculo total ao longo dos cinco quilómetros do traçado, sendo essa condução uma das razões para que Nelson Andrade seja hoje já um dos nomes populares da Montanha.

Em Boticas, o piloto de Porto Moniz voltou a carimbar um triunfo na Taça de Portugal de Kartcross de Montanha, terminando o ano invicto. Paralelamente, foi melhorando as suas marcas e batendo-se por um lugar entre os melhores da tabela de tempos global da prova, isto apear do traçado não ser o mais propício às características do seu kartcross.

Foi assim um fecho de temporada com mais uma exibição a tocar as raias da perfeição. Visivelmente emocionado, o piloto madeirense não quis deixar de realçar “a felicidade que levo desta festa final. Foi algo muito diferente, a que não estou habituado, ver este publico maravilhoso, todos os pilotos, toda a Família da Montanha a comemorar. Faz valer completamente a pena esta aposta de ter vindo competir para cá!”, expressando ainda o seu agradecimento a todos “principalmente, à FR Power, que me deu um kartcross sempre bem afinado, aos pilotos que tanto me acarinharam, aos patrocinadores e à minha equipa de comunicação. Foi um ano fantástico!”.

Quanto ao facto de se ter sagrado o primeiro vencedor de uma Taça de Portugal de Kartcross de Montanha, para além de ter sempre realizado tempos que o colocaram quase em permanência dentro dos dez primeiros nas provas que enfrentou, Nelson Andrade considera que “a época foi muito positiva. Conseguimos sempre ser muito rápidos e sinto-me orgulhoso pelos resultados e por ter conseguido representar de forma muito honrosa a Madeira e, em especial, Porto Moniz”.

Quanto a 2022, o “Furacão da Madeira” promete ir trabalhar para trazer ao campeonato uma ”tempestade” ainda mais “perigosa”: “agora é tempo de descanso mas sem deixar d e começar a trabalhar para preparar a próxima época. Não escondo que gostaria de dar o salto para os protótipos e lutar pelo título nacional absoluto. Vamos ver. Falaremos com os patrocinadores e, se a oportunidade surgir, gostaria muito de tentar ser o primeiro madeirense a ser campeão à geral!”.

FONTE: VEDDACOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here