José Carlos Pouca Sorte no pódio na Rampa de Santa Marta

0
215

O piloto de Resende, José Carlos Pouca Sorte,  mas estabelecido a nível empresarial em Paredes, esteve em “ alta” no passado fim de semana na Rampa de Santa Marta, onde foi o segundo classificado na sua categoria.

Esta foi uma jornada muito intensa para José Carlos Pouca Sorte, que logo se envolveu em largos duelos com os seus mais directos adversários, onde acabou por conseguir alcançar um 2ª lugar no pódio na categoria, feito esse bem merecido, pois o piloto lutou de começo ao final da rampa por este lugar.

Logo na 1ª subida da warm up, José  Carlos Pouca Sorte faz um tempo de 2.02.094 à média de   89,55 km/h, ocupando a 2ª posição em termos da categoria de Turismo 2.Já na 1ª subida oficial de treinos, José CarlosPouca Sorte ao volante do seu Volkswagen Golf R 35 faria um tempo excelente com 1.57.483 à média de 92,54 km/h, ficando em segundo  em termos de categoria. Pará a segunda subida oficial de treinos, o piloto, consegue melhorar um pouco, isso por comparação com os tempos feito anteriormente e assim obtém um crono de  1.57.509 à média de 92,52 km/h, mantendo a 2ª posição na categoria.

O dia ia já longo e para completar o primeiro dia das subidas na Rampa Santa Marta, faltava apenas fazer a 1ª subida de prova, onde José  Carlos Pouca Sorte ao volante do seu Volkswagen Golf R 35 faz o seu melhor tempo até  ao momento no fim de semana, com um crono de 1.57.085 à média de 92,85 km subindo á 1º posição no seio da categoria.

Depois duma noite de descanso, no domingo de manhã, logo na subida da warm up,  José Carlos Pouca Sorte acaba por não comparecer na linha de partida  da Rampa de Santa Marta, no entanto, na ultima subida oficial de treinos está na linha de partida e rubrica um tempo de 1.57.206 à média de 92,75 km/h.

Já na 2ª subida oficial de prova, José Carlos Pouca Sorte “ arregaça as mangas” e faz um novo “ crono canhão” com 1.55.691 à média de 93,97 km/h, sendo assim o seu melhor tempo, mantendo assim a 2ª posição na categoria de Turismo 2.Para a ultima subida oficial de prova, José Carlos Pouca Sorte faz 1.56.363 à média de 93,43 km/h, assegurando assim a segunda  posição”.

Logicamente muito satisfeito com este resultado, por sinal o melhor de toda esta época, de fácil não teve nada, foi sempre a lutar, sempre muito concentrado para não cometer erros. Cada vez mais adaptado ao Volkswagen Golf R 35, na qual agora já o consigo  “tratar por tu”, estou  a  começar a tirar partido da sua competividade,  e o resultado está á vista.  Quero dedicar este resultado a minha família que me acompanha em todas as provas, assim como a toda a equipa que uma vez mais fizeram todos os esforços para ter o carro impecável, assim como para os patrocinadores, que confiaram no nosso projecto, o meu muito obrigado. Por ultimo e quase que me esquecia dedico este resultado a todos aqueles que assistem às provas de Montanha, pois vejo muitas reacções dos espectadores, para todos eles, o meu muito obrigado pelo incentivo, e agora vamos começar a pensar já na próxima prova, a Rampa do Caramulo”, conclui assim José Carlos Pouca Sorte.

CLASSIFICAÇÕES  FINAIS

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA – TURISMOS

1º Luís Nunes – Skoda Fabia

2º Joaquim Teixeira – Cupra TCR

3º JOSÉ CARLOS POUCA SORTE – VOKLKSWAGEN GOLF R 35

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA – DIVISÃO TURISMO 2

1ºJoaquim Teixeira – Cupra TCR

2º JOSÉ CARLOS POUCA  SORTE – VOLKSWAGEM GOLF R 35

3º Manuel Sousa – Cupra TCR

JBVA ASSESSORIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here