Luís Silva vence em Santa Marta e já “cheira a título” nos Legends!

0
113

O Douro Vinhateiro foi o palco idílico da sexta vitoria da temporada do piloto do BMW M3 da Famaconcret. Autor de mais uma exibição imaculada, o “canhão de Famalicão” deu o passo decisivo rumo ao título de campeão entre os Legends, bastando-lhe agora alinhar na próxima prova, que se disputará no Caramulo.

A exibição de Luís Silva e do seu BMW M3 na 7ª edição da Rampa de Santa Marta foi exemplar quanto ao modo como o “canhão de Famalicão” tem estado na temporada: o seu domínio nas contas do Campeonato de Portugal Legends de Montanha JC Group foi exercido de fio a pavio durante o fim-de-semana, vencendo todas as subidas e registando tempos cada vez mais rápidos.

O famalicense extraiu do carro bávaro todo o seu enorme potencial, sendo de destacar que, a exemplo do que tinha acontecido na Serra da Estrela, o BMW esteve sempre a funcionar em pleno, facto que Luís Silva destaca, realçando “o trabalho magnífico que a nossa equipa técnica tem feito e que me dá toda a confiança para atacar, devolvendo-lhes a dedicação com vitórias”.

Foram mais de 22 segundos, no somatório das duas melhores subidas de prova,  o pecúlio final que separou Luís Silva do seu adversário mais próximo, com o piloto a destacar “a capacidade que tivemos em ser sempre cada vez mais rápidos, quer na comparação das subidas deste fim-de-semana, quer quando comparámos com os tempos em edições anteriores, pois, mesmo contando com o facto de a rampa este ano estar mais curta 150 metros, fomos manifestamente mais velozes do que nas edições anteriores”.

A vitória não só manteve a sua invencibilidade no Campeonato de Portugal Legends de Montanha JC Group, como também colocou Luís Silva à porta do título nacional, bastando-lhe alinhar numa subida oficial da Rampa do Caramulo para poder abrir o espumante e celebrar essa conquista.

Mas o famalicense não vai relaxar: “não vamos ao Caramulo focados em alinhar e comemorar. Obviamente que, mal façamos esse arranque que nos dará o título, viveremos um momento de grande felicidade, para mim e para toda a equipa e celebraremos durante alguns momentos. Depois, voltaremos a ficar concentrados em dar o máximo para chegar à sétima vitória da temporada. Quando alinhámos numa rampa, o alvo é só um: vencer!”.

Sendo o título uma evidência segura, Luís Silva pode ir fazendo um rescaldo desta sua temporada imaculada: “ser campeão vai ser o corolário de todo o trabalho que fizemos durante esta época e, no fundo, a consequência lógica do compromisso que assumi no início da temporada. Se formos campeões, como tudo o indica, no Caramulo, vamos dar um título nacional a este fabuloso carro, que tantas alegrias já nos deu, antes de o guardar em casa, para só o utilizar no futuro em alguns eventos especiais”, abrindo ainda o véu sobre “a possibilidade de, ainda este ano, competir com um novo carro, preparando 2023”.

A Rampa do Caramulo será a sétima prova da temporada e decorrerá nos dias 16 e 17 de julho sob a égide organizativa do Targa Clube.

VEDDACOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here